Publicado em 8 Abril 2015

Todo e qualquer tipo de empresa — independentemente de seu porte ou de sua área de atuação — precisa se preocupar com a segurança de seus dados, certo? E hoje em dia não é mais possível ficar no escuro a respeito da confiabilidade dos servidores, que guardam informações importantes tanto da própria organização quanto de seus clientes.

Portanto, a empresa que levar seus dados para o G Suite contará com todo o compromisso da gigante da internet em termos de infraestrutura e confiabilidade. Lembrando que a empresa investe massivamente em pesquisa de segurança para aprimorar sua estrutura e proporcionar um serviço cada vez melhor a seus clientes.

Que tal mover os dados da sua empresa para o G Suite e contar com muito mais segurança? Então confira a seguir 5 ótimas razões para fazer essa transição:

Estrutura física extremamente confiável

O data center da Google conta com diversas camadas em medidas e em infraestrutura de segurança. Somente um grupo seleto de funcionários é permitido perto dos data centers e menos pessoas ainda podem acessar os servidores. O núcleo da infraestrutura ainda conta com medidas de segurança adicionais, como biometria e lasers subterrâneos. Ligeiramente difícil de invadir, não concorda?

Controle sobre todo o pacote tecnológico

A equipe da Google possui pleno controle sobre cada aspecto de seu trabalho e de sua estrutura. Desde os servidores e roteadores, que são construídos pela própria Google, passando pela fibra ótica submarina, que conecta tudo, e chegando ao gerenciamento móvel das interfaces de software, tudo é controlado pela equipe. Isso permite que vulnerabilidades sejam detectadas muito mais rapidamente, sendo possível responder de forma veloz a quaisquer eventuais ameaças.

Investimentos frequentes em pesquisas de segurança

São mais de 500 os engenheiros de segurança que trabalham para proteger os sistemas da Google, enquanto outras tantas equipes dedicadas procuram por malware e vulnerabilidades além da infraestrutura, em outros sistemas operacionais e na web. Dessa forma, é possível contribuir para uma comunidade virtual infinitamente mais segura. Em 2014, por exemplo, foi investido mais de 1 milhão de dólares em pesquisas de segurança em todo o mundo para se descobrir sérias vulnerabilidades em seus sistemas.

Escolhas com foco em velocidade e segurança

Ao escolher a localização de seus data centers, a Google priorizou parâmetros como velocidade e confiabilidade. Levando isso em conta, essa localização deve ser distribuída geograficamente, para proporcionar uma melhor experiência ao usuário, contar com internet rápida e estável, além de fontes de energia duráveis, estar em áreas politicamente estáveis, com sistemas legais que protejam os usuários de terem seus dados invadidos e obedecer leis que assegurem os direitos dos prestadores de serviços e cuidem de direitos humanos ao contestar pedidos de terceiros. Ao ter seus data centers focados nessas prioridades, é possível criar uma infraestrutura de velocidade e extrema confiabilidade.

Sistema comprometido com a agilidade

Os dados da Google são distribuídos ao longo de diversos servidores e data centers em todo o mundo. Assim, se um servidor ou data center inteiro falha, as informações dos usuários ainda ficam acessíveis. Como a equipe da Google é comprometida com a estabilidade do sistema, todo seu modelo de distribuição de dados é feito para manter a agilidade.

A Google investe cada vez mais em construir e manter uma estrutura de cloud considerada uma das melhores e mais seguras no mundo. Assim, a empresa que apostar no sistema para si tem a garantia de contar com o que é apontado como mais sofisticado em matéria de segurança de dados em todo o mundo. Então o que ainda está esperando para aproveitar?

Ficou ainda alguma dúvida? Comente aqui e compartilhe conosco seus questionamentos! Participe!

QI_CTA_CasesdeSucesso