Publicado em 25 maio 2016

Algumas escolas brasileiras estão encontrando uma forma muito interessante a integrar a educação tecnológica nas salas de aula. Na zona sul de São Paulo, o colégio Santa Maria ensina programação para os alunos do quarto ano. Segundo Muriel Rubens, coordenador do Núcleo de Tecnologia da Informação da escola, o objetivo é que a criança desenvolva a lógica e o pensamento sistemático.

Já na Vila Mariana, o colégio Bandeirantes utiliza uma impressora 3D para reproduzir objetos para estudos e pesquisas, além de promover oficinas onde os alunos programam e manuseiam drones (pequenas aeronaves) munidos de câmeras integradas. Olhando de perto a experiência que essas duas escolas estão tendo, dá para perceber que esse é um caminho natural na pedagogia moderna.

Usar as novas tecnologias: os benefícios e ferramentas

As novas tecnologias podem ser utilizadas para criar aulas mais dinâmicas, atraindo mais a atenção dos alunos, utilizando de dispositivos como tablets, smartphones, lousas digitais, drones, aumentando a participação nas atividades, facilitando, assim, o processo de aprendizagem.

Já que a tecnologia faz parte da vida de nossos filhos, alunos e nas nossas próprias vidas, nada mais razoável do que utilizá-la em prol da educação, buscando uma abordagem mais dinâmica nas aulas. Tudo isso com o objetivo de aumentar a qualidade de ensino e a formação curricular dos alunos.

A seguir destacamos 5 motivos para você introduzir a educação tecnológica dentro da sala de aula, buscando maior integração com seus alunos e todo ambiente escolar. Confira!

Aumentar a qualidade de ensino

As novas tecnologias permitem que o professor utilize outras metodologias de ensino, auxiliando os educadores a desenvolverem novas formas de ensinar e interagir com seus alunos. Segundo a pedagoga Shirleidy de Sousa Freire, os professores devem desenvolver sua própria metodologia de ensino e buscar a melhor forma de integrar as novas tecnologias dentro das salas de aula.

Transformar as aulas em ambientes mais interessantes

Um dos motivos da evasão escolar é a monotonia que alguns alunos encontram dentro das salas de aula. A utilização de novas tecnologias ajuda a aumentar o interesse dos alunos, fazendo com que eles sejam mais assíduos e participativos.

Diminuir a taxa de reprovação escolar

É possível criar uma educação personalizada para os alunos que possuem dificuldade em alguma matéria, disponibilizando ferramentas e recursos para que o aluno possa estudar com mais dinamismo.

Aumentar o desempenho escolar dos alunos

Através dos dispositivos móveis digitais, é possível levar o conhecimento para fora da sala de aula, fazendo com que os alunos façam os trabalhos de casa com mais frequência.

Despertar o interesse pelo aprendizado

Talvez esse seja o ponto mais interessante das novas tecnologias: despertar o interesse e a vontade de descobrir e explorar o conteúdo, impulsionando o aluno a ter novas experiências através do aprendizado digital. Isso contribui muito para o desenvolvimento escolar e pessoal dele.

Utilizar as novas tecnologias na rotina escolar é um passo muito importante para aumentar a participação dos alunos nas salas de aulas, criando, assim, metodologias de ensino que acompanham a evolução tecnológica, sempre buscando uma comunicação direta entre o educador e o aluno.

Na sua instituição de ensino a educação tecnológica já é uma realidade ou ainda não? Deixe o seu comentário e nos conte sua opinião sobre o assunto e tire as suas dúvidas!

QI_CTA_GuiaIProfessores

Leia também: