Publicado em 22 dezembro 2014

Apenas dois anos depois de lançado, o Chromebook já é o laptop mais vendido nas escolas dos Estados Unidos. As instituições de ensino fundamental adotaram em larga escala o equipamento, cujo uso ultrapassou os tablets e hardwares com Windows. E um dos fatores determinantes para essa conquista da liderança no mercado foi o custo acessível do equipamento, bem abaixo do valor inicial dos tablets. Quer saber mais sobre essa inovação revolucionária? Então acompanhe agora mesmo nosso post:

Sistema, ferramentas e usuários

Os Chromebooks são equipados com o sistema operacional do Google, o Chrome OS, e todas as suas ferramentas, como o famoso Gmail, os Documentos — similares ao pacote Office — e o Drive. Os aparelhos têm como grande atrativo a possibilidade de criar vários usuários em um único laptop. Como os arquivos e as configurações estão todas guardadas na nuvem, o mesmo Chromebook pode ser usado por vários alunos, o que gera uma significativa economia para a escola, não é mesmo?

Custo, gerenciamento e aplicativos

Entre as vantagens do Chromebook, além do menor custo, claro, estão a facilidade de gerenciamento geral, com inicialização rápida e atualizações automáticas, o fato de o equipamento ter teclado próprio e ser extremamente leve. As escolas ainda contam ainda com uma loja especial de aplicativos, a Google Play for Education, que foi lançada em 2013 com apps especializados na área da educação, facilmente integrados aos Chromebooks e aos aparelhos com Android.

Esses aplicativos salvam automaticamente todos os dados na nuvem, também podendo ser acessados via dispositivos móveis. Os apps do Google for Education têm uma preocupação extra com a segurança, assim, as autenticações são feitas em dois passos. Além disso, a transmissão de dados é devidamente criptografada, fazendo com que tanto os professores como os alunos tenham todos os seus dados protegidos.

Mobilidade, agilidade e colaboração

Mobilidade e agilidade são outros dois fatores que fazem dos apps um sucesso não só nos Estados Unidos, mas também no Canadá e em diversos países da Europa. Por meio dos recursos oferecidos pelo dispositivo, professores e alunos podem estudar à distância, já que contam com ferramentas colaborativas que facilitam o aprendizado.

Testemunhos, depoimentos e ponderações

Ficou curioso para ver o que os professores realmente dizem sobre essa inovação? Então confira já alguns depoimentos de educadores das escolas que já utilizam o Chromebook e os apps do Google Play for Education e tire suas próprias conclusões:

Disse Alexandra McMullen, professora da Fessenden School, em Massachusetts, nos Estados Unidos: “dê a uma criança um computador intuitivo e aplicativos multimídias atraentes e observe sua imaginação voar. Chromebooks e G Suite proporcionam essa potente combinação”.

Já Terry Korte, chefe de planejamento de tecnologia educacional da Edmonton Public Schools, de Edmonton, no Canadá, afirmou que “os Chromebooks são de baixíssimo custo e fáceis de executar. O custo de manutenção de um Chromebook é de 20% — ou menos — do que a manutenção de um laptop tradicional”.

Enquanto isso, David Fringer, diretor de sistemas de informação da Council Bluffs Community School District, no Nebraska, nos Estados Unidos, disse que, com a ferramenta, “os alunos estão propensos a fazer trabalhos mais aprofundados e planejados”.

Viu só como a revolução tecnológica pode melhorar significativamente a qualidade do ensino? Vale ressaltar que, no Brasil, ainda é precisos avançar bastante, mas a Google já oferece seus aplicativos gratuitamente para escolas e universidades públicas. O que está esperando então para testar essa revolução? Procure quem entende do assunto e seja mais um beneficiado pela inovação!

Comente aqui e compartilhe suas impressões conosco! Qual das vantagens oferecidas pelo recurso chamou mais sua atenção? Participe da conversa!

 
QI_CTA_GuiaIProfessores

Leia também: