Publicado em 11 Março 2015

Quase todo tipo de empresa, independentemente de seu porte, utiliza computadores em seus escritórios atualmente, não é mesmo? É preciso, portanto, encontrar a melhor forma de usar toda essa tecnologia a favor da produtividade, da otimização de processos e da redução de falhas. Afinal de contas, de nada adianta ter todas essas possibilidades à mão e não usá-las adequadamente. E um ótimo exemplo de como a tecnologia pode funcionar a favor da produtividade de uma empresa é o Google for Work.

Trata-se da suíte de aplicativos web do Google para ambientes corporativos, que reúne os serviços Google que a maioria das pessoas já conhece e utiliza — como Gmail, Google Drive e Google Agenda —, só que acessíveis para logins corporativos. Ou seja, é possível usar seu e-mail do trabalho com toda a estrutura oferecida pelo Gmail e compartilhar arquivos entre departamentos usando o Google Drive, por exemplo. Já facilita bastante, não concorda?

Então confira agora mesmo 7 ótimas dicas para mudar sua empresa para o Google for Work:

Imagem relacionada Armazenamento na nuvem

Os aplicativos do Google for Work são completamente baseados na nuvem, o que significa que seus arquivos podem ser acessados de qualquer computador, desde que se tenha acesso à internet. Isso, por si só, já traz grandes vantagens para um trabalho mais produtivo. Como seus arquivos estão na nuvem, falhas mecânicas não vão danificá-los, além de a possibilidade de acessá-los de qualquer lugar trazer ainda mais produtividade, já que permite ao profissional trabalhar de casa ou até mesmo em trânsito, pelo smartphone.

Resultado de imagem para g suite icon Ferramentas já conhecidas

Trazer o G Suite para dentro da sua empresa não significa trazer uma suíte de aplicativos desconhecidos para os profissionais usarem. Na realidade, aqueles que estão acostumados a usar a internet normalmente já conhecerão as ferramentas Google — como o Gmail e o Google Drive. A única diferença é que esses aplicativos serão usados dentro da empresa, mas as funcionalidades são as mesmas. Portanto, não será necessário fazer treinamentos nem readaptar os processos de muitos funcionários.

Resultado de imagem para control icon Total controle administrativo

O gerente de TI ou a liderança responsável pelo gerenciamento desse tipo de solução vai contar com pleno controle sobre as contas do G Suite. É possível adicionar ou remover usuários com facilidade, de forma que a introdução de um novo funcionário na organização não represente muito mais trabalho. Além disso, também é possível criar grupos de usuários e nomes alternativos para endereços de e-mail, assim um departamento inteiro pode ter uma conta que direciona as mensagens para todos os seus membros, por exemplo.

Resultado de imagem para tools iconVariedade de ferramentas

O G Suite traz um verdadeiro pacote de funcionalidades que pode ser aproveitado por qualquer tipo de negócio, indo desde o gerenciamento de e-mails (Gmail) até aplicativos de escritório (Google Drive), contando inclusive com um calendário (Google Agenda) e criador de páginas da web (Google Sites), para citar somente alguns. Lembrando que todos esses produtos passam por constantes atualizações que sempre trazem novas funcionalidades.

Resultado de imagem para productivity icon Funcionalidades experimentais

A maioria dos aplicativos web do Google possui uma seção chamada labs. É nessa parte que ficam as funcionalidades ainda em testes pela equipe de desenvolvimento, mas que já podem ser usadas. E essas funções deixam as ferramentas ainda melhores. Assim, para o trabalho ficar ainda mais produtivo e você poder aproveitar ao máximo os recursos do G Suite, vale a pena conferir as opções dessa seção.

Imagem relacionadaAtualizações constantes

Uma das tarefas que mais consome tempo e recursos do departamento de TI é a manutenção da atualização dos softwares da empresa em todos os computadores. Com o G Suite, esse processo é completamente eliminado. Por serem ferramentas web, elas não precisam de atualização, uma vez que toda a manutenção é feita pelo próprio Google, em seus servidores. Assim, o aplicativo acessado pelo usuário final será sempre o mais atualizado.

Resultado de imagem para new icon Facilidade na transição

Se a sua empresa trabalha com arquivos offline tradicionais, a transição para o G Suite não será nem um pouco difícil, já que esses arquivos são facilmente convertidos para edição no Google Drive, contando com todas as vantagens de tê-los na nuvem. Para usar o e-mail da empresa no Gmail, o usuário não sentirá nenhum efeito negativo da mudança, acessando suas mensagens normalmente e contando com todas as funcionalidades extras do Gmail.

Lembre-se de que, como a tecnologia serve para ajudar as pessoas e as empresas a atingirem seus objetivos, é muito importante estar sempre em busca de novas maneiras de melhorar o trabalho com seu auxílio. Nesse cenário, o G Suite é um ótimo exemplo, sendo uma forma de trazer toda a funcionalidade dos produtos Google para o ambiente corporativo. Aproveite para conhecer melhor as possibilidades dessas ferramentas e aumentar substancialmente a produtividade da sua empresa!

Agora comente aqui e nos conte sua impressões sobre o assunto! Qual das nossas dicas chamou mais sua atenção? Compartilhe suas opiniões conosco!

 

QI_CTA_CardsTransformationADMINISTRATIVO