Publicado em 20 outubro 2015

É difícil encontrar alguém que não use o Google no seu dia a dia. Contando com uma interface fácil de usar e um poderoso algoritmo que consegue trazer sempre os resultados mais relevantes à pesquisa, o Google se tornou sinônimo de um sistema de buscas competente. Só que somente funciona na web aberta, ou seja, na busca por páginas e sites.

Para proporcionar todas essas vantagens às empresas nas buscas por arquivos em seus servidores e intranet, o Google lançou o Google Search Appliance. Por meio dele, qualquer empresa pode contar com o potente algoritmo de buscas do Google para facilitar as pesquisas em suas intranets.

Leia este post e saiba como aumentar a produtividade da sua intranet com a ajuda do Google:

As vantagens do Google Search Appliance para empresas

O Google Search Appliance é um grande aliado da produtividade das empresas, já que permite o acesso fácil e rápido a arquivos e informações de intranets e servidores externos. Através de ajustes intuitivos, é possível ter controle sobre o que é indexado ou ignorado pelo sistema. Por fim, sua capacidade de armazenamento de informações pode ser aumentada conforme as necessidades da empresa.

Como funciona o Google Search Appliance

Devidamente instalado junto ao servidor da empresa, o Google Search Appliance passa a rastrear o conteúdo que lhe for apontado como necessário. O sistema é capaz de indexar uma série de formatos diferentes (como arquivos do Microsoft Word, PowerPoint, imagens, páginas da web e mais) tanto na rede interna como em diretórios externos. É possível bloquear o acesso a certos formatos, pastas e domínios nas configurações do Google Search Appliance.

Os usuários acessam a interface de pesquisas do Google Search Appliance através de um endereço no navegador de internet. Buscas feitas vão reunir os resultados mais relevantes em todos os servidores designados nas configurações, selecionando apenas os arquivos da intranet aos quais o usuário possui permissão para acessar.

Os modelos do Google Search Appliance

Existem dois modelos principais do Google Search Appliance, cada um com uma capacidade de armazenamento de dados diferente:

  1. O primeiro, o modelo 2U, é capaz de indexar até 10 milhões de documentos;
  2. Já o modelo 5U consegue catalogar até 30 milhões de arquivos.

Conforme as necessidades da empresa forem aumentando, também é possível incluir mais unidades do Google Search Appliance para contar com mais capacidade de armazenamento.

Os benefícios da Google Search Appliance para a intranet

O sistema utiliza o mesmo algoritmo de buscas que a versão do Google conhecida pelo público, portanto o Google Search Appliance é capaz de entregar aos usuários resultados de buscas mais relevantes e completos. A interface de uso segue o mesmo padrão visual intuitivo do Google convencional, o que facilita o seu uso e elimina a necessidade de se investir em treinamentos.

Apesar de se basear no sistema de buscas do Google, o Google Search Appliance possui funcionalidades que tornam o seu uso ainda mais produtivo. Ao fazer uma pesquisa na intranet, o usuário pode utilizar caracteres curinga, contar com correções e sugestões ortográficas, preenchimento automático e buscar perfis do Microsoft SharePoint.

Além disso, o algoritmo do Google Search Appliance é capaz de aprender com as buscas feitas pelos usuários na intranet e oferecer resultados cada vez mais relevantes a eles.

Toda empresa que faz uso extensivo de uma intranet com foco em acesso fácil a documentos e informações precisa de um bom sistema de buscas que ajude os usuários a encontrar o que estão procurando. Isso resulta em mais produtividade já que conseguem localizar os arquivos que necessitam mais rapidamente e isso possui um impacto substancialmente menor na performance dos servidores.

O que você achou deste post? Conta para a gente nos comentários! Aproveite e leia este post para descobrir como fazer um e-mail do Google com o nome da sua empresa!

QI_CTA_GuiaGerentesTI