Publicado em 15 Janeiro 2014

A empresa precisa melhorar a comunicação interna, mas se preocupa que um aplicativo online possa comprometer a segurança da informação ou com os custos extras que isso pode gerar? O Google+ tem a solução: ele possibilita a criação de grupos restritos de usuários em que somente os funcionários da empresa tenham acesso e possam compartilhar conteúdo.

O Google+ na comunicação interna de sua empresa

O Google+ é um ótimo recurso de produtividade para empresas de todos os portes que precisam aumentar a comunicação interna de uma forma dinâmica, inteligente e fácil. A novidade é que a ferramenta mantém as informações compartilhadas restritas ao grupo de usuários relevantes para a empresa e ninguém mais.

Assim, tudo o que for compartilhado pelo grupo não sairá do grupo! As informações estratégicas da empresa, a ata da última reunião, o planejamento da próxima campanha de vendas, tudo fica mantido em sigilo.

A empresa pode criar grupos que incluem pessoas de fora da companhia, como fornecedores e consultores, de modo a agilizar a comunicação e o trabalho colaborativo entre as partes. Os arquivos do Google Drive e a Agenda podem ser compartilhados. Assim fica mais fácil sincronizar todas as decisões de maneira simples e inteligente.

Como sua empresa pode usar o Google+

O Google+ deve ser encarado pelas empresas como um local de reuniões virtual, um lugar para se dividir ideias entre colaboradores, onde pessoas em locais diferentes podem trabalhar em um projeto único e em tempo real. Esse aplicativo se traduz em agilidade, mas a segurança das informações compartilhadas depende também de alguns cuidados do usuário:

1. Google+ Premium

A versão Premium previne que posts sejam compartilhados fora do domínio da empresa. Além disso, esta versão controla algumas opções do Hangouts e mostra quais usuários possuem perfil no Google+.

2. Treinamento aos funcionários

A empresa deve mostrar aos seus funcionários quais são as políticas de uso do Google+ para os seus objetivos. Isso evita erros antes que eles aconteçam.

3. Controle de usuários

É possível proibir o acesso de funcionários sem treinamento ao Google+ em seu domínio. Dessa forma, o funcionário é obrigado a mostrar que entendeu todas as regras da empresa antes de utilizar o aplicativo.

4. Termos de Uso

A empresa pode aumentar a segurança da informação criando termos de uso do Google+ dentro do seu domínio. Assim, os funcionários se responsabilizam pelo uso adequado da ferramenta, dentro dos objetivos da empresa.

E sua empresa já utiliza alguma rede social? Deixe suas perguntas nos comentários abaixo!

 

QI_CTA_CardsTransformationMKT