Publicado em 27 fevereiro 2018

A segurança de dados tornou-se uma das maiores preocupações de gestores de TI.

Em um cenário onde os negócios possuem infraestruturas complexas, com inúmeros equipamentos e sistemas, é fundamental que o líder em segurança de dados crie mecanismos para evitar ataques e vazamento de informações estratégicas. Dessa forma, a empresa pode investir em novas tecnologias, como a Internet das Coisas (IoT), sem ampliar o número de vulnerabilidades internas.

E nesse cenário, um dos maiores desafios é encontrar profissionais capacitados e capazes de atender às demandas internas. Uma vez contratado, esse profissional deve agir como um líder de segurança de dados, propondo mudanças capazes de criar um ambiente de trabalho mais inteligente e seguro, em que soluções de e-mail, cloud computing e armazenamento de arquivos não forneçam riscos ao usuário.

Quer saber mais sobre o tema e como líderes em segurança de dados são criados? Então veja o nosso post de hoje!

O papel de líder em segurança de dados

O líder em segurança de dados é o profissional de TI responsável por criar as estratégias que protegem os usuários de ataques externos. Ele trabalha em conjunto com todas as áreas do negócio, criando rotinas que estejam alinhadas com o perfil de cada setor e as suas necessidades.

Em outras palavras, o líder em segurança de dados faz um trabalho colaborativo com todos os setores do negócio em busca de protocolos que possam tornar todo o ambiente de trabalho mais eficaz.

O seu dia a dia envolve lidar com diferentes expectativas, manejar soluções com variados níveis de complexidade e avaliar como as novas tecnologias impactam na rotina da empresa. Além disso, ele deve ganhar sempre o apoio de outros líderes, demonstrando como a segurança de dados é um ponto chave para o negócio.

Como o líder em segurança de dados pode prestar um bom trabalho

A atividade do líder em segurança de dados possui um papel estratégico para o negócio. Portanto, é importante que ele saiba atuar com eficiência, criando bons resultados e garantindo que a empresa sempre tenha uma infraestrutura de qualidade.

Diante disso, existe uma série de passos para atuar com qualidade. O profissional responsável pelas políticas de segurança de dados deve sempre estar envolvido com projetos internos e outros setores da empresa. Dessa forma, ele consegue criar rotinas mais inteligentes e integradas.

Ao mesmo tempo, ele precisa ter um bom mapeamento dos processos de segurança e da infraestrutura existente. Isso facilita a definição de estratégias eficazes e de alto impacto.

Estabelecer uma cultura de boas práticas também é crucial. Muitos ataques são evitados com medidas simples, como o uso de boas senhas. Além disso, a empresa deve sempre avaliar se as suas estratégias para a proteção de usuários estão alinhadas com os padrões do mercado, evitando que o negócio utilize soluções e protocolos ineficientes.

As ferramentas utilizadas também são importantes. Independentemente do tipo de tecnologia que o negócio tenha incorporado à sua cadeia operacional (cloud computing, SaaS, Internet das Coisas ou mesmo o Big Data), é importante que elas estejam protegidas por soluções de software eficazes. Dessa forma, o uso de ferramentas de TI será mais eficiente e confiável.

Como tornar negócios mais eficientes e seguros

Conforme o investimento em segurança digital tornou-se uma peça chave para o sucesso de empresas, o líder em segurança de dados também ganhou um papel de destaque dentro do setor de TI.

Com o auxílio desse profissional, a empresa pode ter certeza de que contará com uma infraestrutura robusta e pronta para enfrentar as principais ameaças do mercado. Dessa forma, novas oportunidades de negócio serão fáceis de serem obtidas a médio e longo prazo.

Interessado em melhorar a segurança dos dados da sua empresa? A Qi Network conta com profissionais certificados e especialistas em segurança. Conheça nosso Serviço de Segurança de Dados e Acessos!

QI_CTA_eBook21_CloudComputingSeguranca