Publicado em 17 setembro 2019

Estudo da Deloitte, em parceria com a revista EXAME, aponta que a Qi Network é a 2ª PME que mais cresce no estado de Santa Catarina, e a 9ª no Brasil.

Um dos mais tradicionais e completos levantamentos sobre o desempenho das empresas emergentes do País, publicou na semana passada a 14ª edição da pesquisa “As PMEs que Mais Crescem no Brasil”.

Pelo segundo ano consecutivo, a Qi Network se posiciona entre as 10 primeiras empresas no ranking nacional, consolidando seus resultados crescentes ano após ano. 

Os resultados e as conclusões do estudo podem ser vistas abaixo:

  • A constante busca por inovação, eficiência e talentos foi, e continuará sendo, o pilar para o sucesso das PMEs de crescimento acelerado.
  • Para 56% das PMEs ranqueadas (empresas classificadas para o grupo das 100 que mais cresceram nos últimos três anos), a criação de novos produtos ou serviços foi a principal responsável pelo crescimento.
  • Três quartos das empresas emergentes de melhor desempenho afirmaram que o investimento em talentos será prioritário para os próximos três anos.
  • O investimento em novas tecnologias é realizado por 78% das pequenas e médias de maior crescimento, enquanto 75% declararam disseminar uma cultura aberta a novas perspectivas na solução de problemas na empresa.
  • A otimização de processos e a realização de melhorias no atendimento aos clientes foram diferenciais para que as PMEs que figuram no ranking agregassem mais valor ao seu negócio nos últimos três anos.
  • Quando comparadas as iniciativas adotadas pelas empresas ranqueadas em relação às ações das emergentes que não entraram no ranking, fica claro que o sucesso do desempenho é fruto de uma combinação e da diversificação de estratégias de crescimento e inovação.

 

Confira aqui o estudo completo.