Publicado em 17 agosto 2017

É muito positivo quando duas ferramentas altamente úteis conseguem trabalhar juntas para tornar a nossa produtividade ainda melhor.

Esse é o caso do relacionamento entre o Google Keep e o Google Documentos. Você sabia que é possível integrá-los?

O Google Keep é o aplicativo do Google voltado para a criação e manutenção de notas e lembretes. Já o Google Documentos é o editor de textos do Google, capaz de manter suas informações sempre à disposição na nuvem por meio do Google Drive.

Trazer os dois para trabalharem em conjunto é uma forma de contar com funcionalidades inéditas que podem facilitar bastante o seu trabalho. Que tal descobrir como integrar essas duas ferramentas?

Para que serve o Google Keep?

O objetivo do Google Keep é servir como um armazenador de informações que o usuário achar importantes e precisará acessar depois. Uma nota publicada nele pode fazer uma lista de tarefa simples ou mesclar textos, áudios, fotos, desenhos, links e lembretes.

Em uma interface simples e direta, o Google Keep exibe as últimas notas salvas por você e permite a organização delas a partir de marcadores. No topo da interface existe uma barra de buscas onde é possível pesquisar pelos termos desejados.

Como integrar o Google Keep ao Google Documentos?

Uma das principais vantagens de usar os produtos Google é que eles podem se interligar de maneiras bastante produtivas. No caso do Google Keep, você pode integrá-lo ao Google Documentos para contar com funcionalidades inéditas.

Para fazer isso, é necessário ativar o recurso. Vá até o menu Ferramentas e selecione Bloco de notas do Keep. Uma barra lateral surgirá no lado direito com todas as suas entradas do Google Keep plenamente acessíveis.

A partir daí, você poderá utilizar suas notas do Google Keep no arquivo do Google Documentos que você tem aberto. Uma das opções permite adicionar a nota ao documento, bastando arrastá-la. Você também pode criar novas notas no Google Keep através da barra lateral.

Quais os principais usos para essa integração?

A integração do Google Keep com o Google Documentos possui diversas vantagens para todo grupo de usuários. Confira a seguir os principais motivos para contar com esse recurso tão útil:

Resgatar informações importantes

Se você utiliza o Google Keep para anotar registros que eventualmente serão usados em um arquivo do Google Documentos, esse recurso é bastante valioso. Basta consultar ou até arrastar as notas criadas para dentro do seu documento para incorporá-la.

Criar notas facilmente

Durante o trabalho no Google Documentos, pode ser que você note a necessidade de criar uma anotação para você mesmo. Seja o que for, ela pode ser criado com facilidade usando a barra lateral do Google Keep sem sair do Google Documentos.

Manter notas e documentos interligados

Todas as notas criadas a partir de um arquivo do Google Documentos são vinculadas a eles. Assim, até se você as acessar diretamente pelo Google Keep, poderá clicar em um link direto para o documento original.

Esse recurso se encaixa às suas necessidades?

Tanto o Google Keep como o Google Documentos são recursos altamente eficientes para a produtividadetanto na vida pessoal quanto profissional. Ter os dois integrados dessa forma é bastante valioso para aproveitar o melhor de ambos em conjunto.

Que tal experimentar essa mistura e ver se satisfaz as suas necessidades?

Conte para a gente quais usos você pretende fazer dessa interligação entre o Google Keep e o Google Documentos nos comentários!

QI_CTA_GuiaGdrive

Leia também: