Publicado em 12 junho 2018

Nascidos entre 1977 e 1997, são parte da geração Y, ou a chamada geração millennial. Até 2020, eles devem corresponder a mais de um terço dos profissionais e consumidores do mundo, de acordo com a pesquisa Millennial Careers: 2020 Vision, do ManpowerGroup. Para líderes empresariais, como os CEOs, a geração millennial representa um enorme desafio, por conta da necessidade de entender as suas características e anseios e ainda, pela inevitável transformação nos processos de gestão e adoção de novas ferramentas digitais.

Por terem nascido em um contexto de transformação digital, os jovens millennials, que vivem em centros urbanos e são os novos trabalhadores nas empresas estão acostumados com o uso de redes sociais e ferramentas de compartilhamento. Muitos, inclusive, usam tecnologias de cooperação desde a fase escolar. Portanto, nada mais natural do que preferirem utilizar plataformas colaborativas como a do G Suíte no ambiente de trabalho.

O investimento em tais sistemas pode garantir o aumento da produtividade das equipes, aperfeiçoar a segurança da empresa e ser um fator para aperfeiçoar a competitividade de mercado. Assim, os CEOs que buscam modernizar um negócio, podem contar com colaboradores otimistas e adaptáveis às mudanças indispensáveis para inovar e transformar os negócios tradicionais, adotando novas tecnologias com mais facilidade.    

Um dos principais aspectos perpetuados pelo senso comum, e que têm preocupado os gestores, é a ideia de que os millennials são instáveis e permanecem pouco tempo nas empresas. No entanto, de acordo com a pesquisa Millennial Carrers, que contou com a participação de 19 mil jovens de 25 países, os millennials prezam cada vez mais por segurança e tendem a permanecer no mesmo emprego. Para isso, é necessário que as empresas ofereçam possibilidades de crescimento profissional e estabeleçam valores e projetos que atendam às suas expectativas.

Uma outra característica importante dos millennials é o anseio de buscar continuamente conhecimentos adicionais e desenvolver capacidades técnicas. De acordo com o estudo da ManpowerGroup, quatro em cada cinco jovens esperam aprender e desenvolver habilidades em novos empregos. Nesse sentido, as empresas podem investir em ferramentas de treinamento online, como o Hangouts para empresas, do G Suite, pelo qual é possível realizar transmissões de vídeo e reuniões com até 30 participantes.

Vale lembrar, que esse tipo de plataforma será cada vez mais comum e permitirá atender uma das grandes prioridades do millennials: a flexibilidade no trabalho. Esse aspecto se refere tanto às modalidades de contratação, como a possibilidade de executar serviços em meio-período, como freelancers, gig works ou em jornadas diferenciadas e por home office.

Oferecer meios que viabilizem e facilitem o trabalho à distância, como as soluções em nuvem com o compartilhamento seguro de documentos, serão essenciais para reter talentos e contratar jovens profissionais.

Como liderar com a geração millennial?


Os princípios que devem guiar a gestão e a liderança de jovens da geração Y são transparência e colaboração. Os millennials consideram fundamental receber feedback rápidos e verdadeiros, assim, como conhecer e apoiar os propósitos da organização onde trabalham. Para isso, os líderes devem reforçar os valores da empresa por diferentes canais, destacando ações e iniciativas que gerem impacto positivo na sociedade, por exemplo.

Com o uso de tecnologias e ferramentas digitais, a comunicação interna é facilitada, aproximando líderes e funcionários. Esse modelo de inovação nos processos de gestão promove uma cultura organizacional pautada no compartilhamento de responsabilidades e no empoderamento dos colaboradores.

Para auxiliar na transformação digital da sua empresa e adotar modelos de gestão mais colaborativas e transparentes, conte com a Qi Network. Além de auxiliar na transição suave para os sistemas de nuvem, prestamos consultorias especializadas no crescimento e na modernização do seu negócio. Entre em contato agora mesmo!

Gostou desse artigo? Deixe sua opinião nos comentários!