Publicado em 20 novembro 2019

Todos os anos os números de ataques virtuais crescem. As empresas ainda não sabem exatamente como proteger seus dados e acabam deixando-os vulneráveis para a ação de criminosos. Por isso, a demanda por mais ações visando a uma maior segurança da informação se tornou uma necessidade fundamental para os negócios. 

Com o avanço da atuação dos cibercriminosos, as empresas precisam reforçar a segurança da informação, deixando soluções obsoletas no passado e investindo em recursos avançados. Neste artigo, mostraremos como reforçar a proteção da segurança da informação corporativa. Confira!

Ataques virtuais crescem ano após ano 

Os ataques virtuais se tornaram atividades profissionais. Criminosos no mundo inteiro vivem de roubar dados das empresas e vender para outros criminosos. O mercado movimenta milhões todos os anos. Entre 2014 e 2017, os ataques virtuais causaram prejuízos de mais de US$ 600 bilhões no mundo inteiro

No Brasil, 54% dos ataques são realizados por criminosos que estão dentro do país. Nos últimos anos, grandes empresas foram vítimas de ataque envolvendo dados de brasileiros. Os principais foram: 

 

Esses vazamentos mostram que até as maiores corporações estão sujeitas a sofrer com ataques cibernéticos. Por isso, todas as empresas devem investir na segurança da informação. Algumas organizações já investem em proteção, porém o uso de recursos obsoletos também é uma porta de entrada para invasores, além de impactarem em outros aspectos como produtividade e a integração de dados. 

6 formas de reforçar a segurança da informação nas empresas

O uso de ferramentas ultrapassadas ou que estão há muito tempo sem atualização deve ser eliminado da rotina das empresas. Esse tipo de ferramenta prejudica a performance do negócio, pois reduz a agilidade com que as atividades são realizadas. 

A empresa deve investir em recursos que proporcionem maior produtividade, por meio do acesso remoto, por exemplo. As soluções baseadas em nuvem do G Suite são hospedadas em servidores do Google, com sistemas de segurança e tecnologias avançadas. Isso quer dizer que, além de investirem em recursos de segurança, essas soluções estão preparadas para lidar com um grande fluxo de informações. 

Por não estarem alocados em máquinas físicas específicas, é mais fácil impedir a ação de ameaças que invadem computadores para acessar os arquivos das empresas. Veja abaixo recursos do G Suite que reforçam a segurança de dados: 

Exposição de arquivos

O G Suite permite o rastreamento dos arquivos. Dessa forma, é possível saber exatamente quais arquivos foram compartilhados fora de seu domínio ou que esbarraram na política de prevenção de perda de dados. Caso a empresa sofra um ataque, conseguirá identificar rapidamente os arquivos que foram compartilhados e o respectivo destino.

Padrões de autenticação 

Os padrões de autenticação do G Suite são utilizados para confirmar que os e-mails são de origens seguras. Existe uma série de padrões disponíveis na plataforma, como a autenticação multifator e chaves de segurança que aumentam a proteção. Os recursos podem ser usados para que as empresas evitem fraudes por sistemas automáticos de envio de e-mails.

Criptografia

O recurso aumenta a segurança no envio e recebimento de e-mails, um dos principais canais de ataques cibernéticos. O roubo de dados pode começar pelo envio de uma mensagem, com um arquivo para download. O colaborador acessa o arquivo e a ameaça acessa todas as informações daquela máquina.  

No G Suíte, as informações são trafegadas em modo criptografado, com tecnologias como S/MIME que faz a assinatura de identificação de emails e garante a criptografia desde o envio até o recebimento, deixando a solução muito mais robusta e segura.

Classificação de spam e malware

A proteção do G Suite analisa as mensagens com conteúdo considerado suspeito, spam, phishing ou malware. O filtro faz um bloqueio automático para as próximas mensagens que chegarem ao e-mail da empresa. Dessa forma, evita que um colaborador abra um conteúdo suspeito. 

Backup

O backup de emails e documentos de usuários é uma necessidade para garantir a segurança da informação. Em sistemas físicos, instalados em máquinas, o backup depende da ação do usuário ou mesmo do administrador. Já a plataforma do G Suite, baseada em nuvem, faz os backups de forma automática. Com isso, não há risco de que a atividade não seja realizada. 

Recuperação de dados

A solução de recuperação de dados permite que informações excluídas ou modificadas acidentalmente por um funcionário, ou até por meio de um ataque, sejam recuperadas por meio do histórico de versionamento. Os arquivos removidos do Google Drive, são movidos para a lixeira e, mesmo que sejam excluídos da lixeira, a empresa pode restaurá-los com a utilização do Vault. 

O sistema de segurança do Google combate ameaças diariamente. São bilhões de usuários ativos nos serviços que a empresa oferece, com isso, o volume de ataques também é considerável. Por isso, a empresa se especializou em desenvolver soluções para garantir a segurança da informação dentro de seu ambiente e, consequentemente, em sua plataforma para as empresas. Conheça os dados sobre a atuação do Google na proteção de dados das organizações.

 

 

Inscreva-se também na nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades para manter a segurança da sua empresa!