Publicado em 5 agosto 2019

A segurança de dados é crucial para as grandes empresas. E não é diferente com o Google, que possui inúmeros profissionais da área trabalhando integralmente para garantir a proteção dos documentos, aplicativos e informações da empresa. Todos os sistemas oferecidos pelo Google, como os recursos do G Suite, funcionam na mesma infraestrutura da corporação. Portanto, as empresas que adquirem soluções do Google utilizam as mesmas proteções aplicadas e desenvolvidas internamente, tendo à disposição um ambiente altamente seguro, confiável e em compliance com as principais normas de segurança do mundo.

Neste artigo, vamos explicar por que o G Suite é a opção mais segura para compartilhamento, armazenamento de dados e troca de mensagens dentro de grandes empresas.

Como funciona a segurança de dados do G Suite

Como um dos maiores líderes do setor de cloud, o Google faz questão de deixar claro a seus clientes como funciona a segurança de dados na nuvem. Dentro de seus data centers, há todo um protocolo de segurança, como o acesso eletrônico personalizado, o gradeamento de perímetro, detectores de metal, biometria e detecção de invasão baseada em laser. O hardware utilizado também possui um sistema operacional e de arquivos protegidos. Além disso, a arquitetura de aplicativos e rede do Google oferece confiabilidade e otimização, sendo os dados dos clientes distribuídos pelos seus servidores e data centers. Assim, se um data center inteiro parar de funcionar, os clientes ainda conseguem acessar seus dados com segurança.

O Google utiliza a criptografia de dados em todos os seus processos, com uma rede de cabos submarinos próprios e públicos, limitando a exposição dos dados dos clientes à internet pública. Mesmo assim, os dados dos clientes do G Suite são criptografados quando estão em disco, em mídia de backup ou sendo transferidos entre data centers. A criptografia é, portanto uma parte bastante importante da estratégia de segurança de dados do G Suite, auxiliando na proteção de e-mails, bate-papos, arquivos do Google Drive, etc. Vale lembrar que 100% dos e-mails enviados e recebidos no G Suite são criptografados.

Além disso, o G Suite conta com uma criptografia reforçada, para aumentar a proteção contra ataques criptoanalíticos. Em 2013, o Google dobrou o tamanho das chaves de criptografia RSA para 2048 bits, e as altera periodicamente. 

Saiba mais detalhes no Ebook Segurança em Escala com Cloud Computing: um minuto na vida do Google 

Prevenção contra perda de dados

O G Suite atua com a prevenção contra perda de dados. Assim, os administradores podem configurar a DLP, ou Prevenção Contra Perda de Dados, protegendo informações confidenciais no Gmail e no Drive. Quando a política de DLP está ativada, o Gmail verifica todos os e-mails de saída para detectar informações confidenciais. Assim é possível tomar providências para evitar o vazamento de dados, como colocar o e-mail em análise, solicitar que o usuário mude a mensagem ou bloquear o envio e notificar o remetente. 

Os administradores também podem configurar o reconhecimento ótico de caracteres, ou OCR, que rastreia o conteúdo armazenado em imagens, ou a DLP do Drive para a análise de áudios, impedindo que os usuários compartilhem arquivos confidenciais.

Central de segurança

Alinhada às políticas de segurança de dados e transparência do Google, o G Suite possui uma central de segurança, na qual é possível visualizar a abordagem de segurança da implantação do G Suite. A central reúne análises de segurança, boas práticas e soluções integradas para a proteção de dados, dispositivos e usuários da empresa. 

Outras configurações 

Outras configurações de segurança do G Suite são:

  • Autenticação forte
  • Monitoramento de login suspeito
  • Gerenciamento centralizado do acesso à nuvem
  • Detecção de spam
  • Detecção de malware
  • Prevenção contra phishing
  • Controles de acesso a aplicativos de terceiros
  • Padrões rigorosos de compliance, e-discovery e análise de dados

 

Vale lembrar que todas as configurações de segurança de dados citadas acima dependem da modalidade do G Suite adquirida pela empresa. 

Para entender melhor como funciona a legislação acerca da segurança de dados no Brasil, baixe o nosso e-book Lei Geral de Proteção de Dados – Compliance e Segurança da TI. Acompanhe nosso blog e saiba mais sobre a segurança de dados para grandes empresas.