Publicado em 7 julho 2020

Com o surgimento constante de novas tecnologias e serviços inovadores no mercado, uma dúvida comum entre os líderes e gestores é sobre o verdadeiro potencial das ferramentas digitais para promover a inovação das empresas. Afinal, será que um software diferente para e-mails ou para realizar uma reunião virtual, ou até mesmo criar e salvar um documento na nuvem pode, de fato, impulsionar a inovação nas empresas?  A resposta mais simples e direta, é sim.


Através das ferramentas com recursos avançados e automatizados, são estabelecidos novos processos e fluxos de trabalho, que podem transformar o mindset das equipes e impulsionar a inovação, tanto internamente quanto no relacionamento com os clientes. Para entender o impacto desse tipo de mudança, podemos pensar na situação inversa: o quanto a sua empresa seria abalada se ao invés de e-mails, fosse necessário enviar cartas por correio para os colaboradores e clientes? O fluxo de trabalho com certeza seria afetado, assim como a capacidade de inovação, produtividade, custos, etc.



Mas, se hoje indagações desse tipo podem soar absurdas nos ambientes corporativos, o mesmo vale para outros processos e atividades que ainda fazem parte de muitas empresas. Desde a comunicação interna, passando pela produção e armazenamento de documentos, até o controle de indicadores, métricas e tendências do mercado, existe uma infinidade de tarefas e processos lentos que engessam e dificultam a inovação organizacional.


Para mudar esse cenário, é fundamental entender quais são esses processos, como e quais ferramentas podem transformar o dia a dia das empresas, criando uma cultura inovadora em todos os sentidos. Quer saber mais? Então, acompanhe a leitura a seguir. 

Novas habilidades e fluxos de trabalho

Quando falamos em inovação podemos tratar dos diferentes tipos, categorias e pilares, seguindo o tradicional modelo do House Innovation de X. De fato, é possível inovar de diferentes formas e níveis em cada um desses aspectos, tanto nos serviços e produtos oferecidos, quanto nos modelos de negócios e processos realizados.



Para isso é fundamental contar com ferramentas específicas que promovam fluxos de trabalho ágeis e seguros, viabilizando o desenvolvimento de novas habilidades para os colaboradores, capacitando-os a utilizar sistemas avançados. Pois, a cada nova ferramenta e funcionalidade, os colaboradores ampliam e aperfeiçoam suas habilidades técnicas e pessoais, dando origem a novas formas de pensar e trabalhar.


Um exemplo simples é o uso do celular para a realização de videochamadas corporativas. Se anteriormente era necessário adquirir uma série de equipamentos de vídeo e áudio, hoje basta utilizar um celular para realizar reuniões e treinamentos com total mobilidade e praticidade. Essa facilidade de comunicação, ampliou o contato entre os colaboradores e também entre as empresas e seus clientes, expandindo as oportunidades de negócios.


Com as videochamadas, os colaboradores podem trabalhar de modo conjunto, mesmo à distância, para pensar em ações específicas, realizar workshops e discussões mais práticas e objetivas. Da mesma forma, a empresa pode oferecer treinamentos e consultorias para os seus clientes, desenvolvendo novos serviços digitais. Em outras palavras, a partir da adoção de uma única ferramenta a instituição pode inovar em diferentes aspectos. 

Jornada de inovação

Mas vale destacar que não basta apenas implementar um sistema avançado ou uma tecnologia ultra inovadora, se os seus colaboradores ainda não têm uma cultura de inovação. Na prática, os grandes saltos de tecnologia sem a devida condução podem causar mais tombos e perdas financeiras do que sucesso organizacional. 

Por isso, é essencial pensar em uma jornada de inovação contínua, na qual os colaboradores e líderes são preparados para mudar e adotar novas ferramentas, a partir de um diagnóstico das necessidades, oportunidades e objetivos organizacionais.

Na prática, sem ferramentas e tecnologias adequadas, muitos processos ficam estagnados e oportunidades são perdidas em tarefas lentas e burocráticas, bem como a falta de controle e análise de dados acarreta no desperdício de mão de obra qualificada em atividades operacionais. 

Ferramentas digitais essenciais para impulsionar a inovação nas empresas

Antes de buscar tecnologias emergentes, como o big data, machine learning e a internet das coisas, os líderes e gestores das empresas devem investir em sistemas que dêem o suporte necessário para a execução de projetos e atividades mais avançadas. Sem um canal de comunicação centralizado, por exemplo, podem ocorrer diversos problemas e desencontro de informações nas equipes.



Abaixo, listamos outras ferramentas base para estruturar a comunicação, a colaboração e o desenvolvimento de atividades. Confira:

  • E-mail: o serviço de troca de mensagens por e-mail não é nenhuma novidade. Todo profissional sabe a importância desse serviço para o contato com clientes, negociações e resolução de problemas pontuais. Com o crescimento e a digitalização das empresas é essencial que os gestores e líderes busquem ferramentas de e-mail avançadas e inovadoras, que estejam integradas a outros serviços e ampliem a segurança do negócio. 


    Com o Gmail os usuários podem ter um e-mail institucional, como contato@qinetwork.com.br, e ainda vários outros recursos que estão integrados ao serviços do G Suite. Na mesma página de acesso às mensagens enviadas e recebidas, os usuários têm acesso ao sistema de chat, agenda, tarefas e notas – de forma simples e prática.

 

  • Agenda e Videoconferência: a agenda e a realização de videoconferência são dois recursos indispensáveis aos funcionários das empresas digitais. Mais do que ter a versão online dos compromissos ou agendamentos de um determinado espaço, com a Agenda do G Suite os usuários podem visualizar a agenda de outros profissionais da equipe e marcar eventos conforme a disponibilidade apresentada.

    O serviço está integrado ao sistema de videoconferência do G Suite, o Meet, que permite realizar reuniões e treinamentos de forma prática e ágil. Assim como todos os recursos do Google, a agenda do colaborador também pode ser acessada em qualquer dispositivo móvel.

 

  • Chat: a comunicação é uma das características principais das empresas com maior maturidade digital. Com uma ferramenta de troca de mensagens instantâneas, os funcionários podem colaborar de forma ativa e prática na resolução de problemas e desenvolvimento de projetos. Uma das grandes vantagens do Chat do G Suite é a centralização das conversas na mesma plataforma de e-mail e a integração com outros recursos, como o Meet e Agenda.        

 

  • Formulários, apresentações, documentos e planilhas: estes recursos são usados constantemente na elaboração de projetos, controle e coleta de dados. Para garantir o máximo de colaboração entre as equipes, tais ferramentas devem estar integradas e disponíveis na nuvem como no caso do G Suite. Além de vários usuários poderem trabalhar em um mesmo arquivo ao mesmo tempo, todos os documentos ficam armazenados com sistemas de segurança avançados, que protegem a organização contra ataques e perdas de arquivos.

 
Além dessas ferramentas que promovem maior colaboração, conversação e trabalho remoto, outras tecnologias são essenciais para impulsionar a inovação organizacional, tais como plataformas de infraestrutura na nuvem e sistemas de inteligência de dados.

Em resumo

A inovação é um processo contínuo que envolve vários aspectos como a formação de uma equipe digital e uma cultura organizacional mais colaborativa. Nesse sentido, as novas ferramentas digitais têm a capacidade de ampliar e aperfeiçoar várias habilidades dos funcionários e impulsionar o desenvolvimento de soluções inovadoras.


Contudo, dado o grande volume de softwares, aplicativos e instrumentos digitais disponíveis no mercado, é essencial estabelecer um planejamento estratégico visando eliminar atividades e tecnologias obsoletas. Para isso é necessário avaliar os objetivos do negócio e considerar o papel das ferramentas digitais para manter a concorrência do mercado.

Para estruturar e otimizar esse planejamento estratégico do negócio, os gestores e líderes organizacionais podem contar com especialistas em inovação, como a Qi Network, parceira Premier da Google no Brasil. 

Entre em contato agora mesmo e saiba como implementar as ferramentas essenciais para o crescimento do seu negócio.