Publicado em 7 março 2019

O relatório Enterprise Cloud Index publicado pela Nutanix em 2018, indica que para 91% das 2300 empresas consultadas em todo o mundo, a nuvem híbrida é o modelo ideal de TI. O modelo ainda é pouco adotado pelas organizações, mas é a principal tendência de cloud computing para os próximos dois anos e deve substituir os tradicionais modelos de data centers físicos. Enquanto hoje 41% das empresas utilizam os data centers físicos e apenas 18% utilizam os serviços em nuvem híbrida, a expectativa é que em 24 meses ou menos, 41% das empresas estejam utilizando serviços em nuvem e apenas 18% os serviços de data centers físicos.

Outro estudo da Gartner, indica que 90% das organizações devem adotar sistemas de infraestrutura na nuvem híbrida até 2020. O modelo que une as características da nuvem privada e da nuvem pública pode ser considerado um meio-termo para instituições que desejam aproveitar os vários benefícios da cloud computing. Além de reduzir custos com a manutenção e expansão da infraestrutura física, com a nuvem híbrida é possível ampliar a velocidade das operações e a segurança das empresas.

Nesse artigo vamos abordar as vantagens do modelo. Confira!

O que é nuvem híbrida?

A nuvem híbrida é uma das categorias do modelo de IaaS, que une os recursos e benefícios da infraestrutura da nuvem pública e privada. Na prática, trata-se de uma infraestrutura flexível em que é possível definir os aplicativos e cargas de trabalho que serão alocados de modo estratégico nas diferentes plataformas de cloud computing. A forma como as demandas serão distribuídas dependerá das necessidades e objetivos de cada organização, que deve considerar as características e vantagens de utilização da nuvem pública e privada.

Assim, para compreender melhor as possibilidades e vantagens da nuvem híbrida, é necessário conhecer antes as características específicas da nuvem pública e privada:

  • Nuvem pública: é o modelo em que toda a infraestrutura da organização é armazenada, gerenciada e protegida por um fornecedor online, como o Google Cloud Platform. Entre as vantagens do modelo está a total flexibilidade e escalabilidade para o armazenamento dos dados de modo eficiente e de acordo com as demandas de cada empresa, o que acaba otimizando os recursos investidos. Outro benefício é o acesso facilitado aos arquivos e sistemas armazenados, por meio de dispositivos móveis ou qualquer computador, ampliando totalmente a mobilidade dos funcionários. 

    Com a nuvem pública, os líderes e técnicos de TI podem assumir cada vez mais papéis e tarefas estratégicas, uma vez que as atividades operacionais relacionadas à infraestrutura são gerenciadas pelo fornecedor da plataforma online. 

  • Nuvem privada: a nuvem privada virtual funciona como um sistema de armazenamento local, só que na nuvem. Toda a infraestrutura necessária para manter o armazenamento privado é gerenciado por um fornecedor como a Google, só que em uma estrutura fechada e separada da infraestrutura da nuvem pública. No caso da Google, a nuvem privada virtual (VPC, na sigla em inglês), faz parte do Google Cloud Platform e fornece vários benefícios para as empresas.

    Diferente de sistema de data center local, na nuvem privada há escalabilidade e flexibilidade para realizar o armazenamento de arquivos, sistemas ou aplicativos da organização. As empresas que utilizam o modelo têm um maior controle e gerenciamento das informações e o acesso facilitado aos sistemas e documentos armazenados, mesmo com problemas de instabilidade e acesso à internet.

 

Assim, a nuvem híbrida busca equilibrar e aproveitar as principais funcionalidades da nuvem pública e privada. As empresas que utilizam o modelo podem contar tanto com a escalabilidade da nuvem pública quanto com o acesso aos documentos e sistemas armazenados na nuvem privada (mesmo quando não há conectividade com a internet). Com isso é possível equilibrar as demandas e otimizar os recursos da organização, reduzindo também os gastos com a infraestrutura de TI. O modelo híbrido é ideal para as organizações que estão iniciando o processo de transformação digital e desejam aproveitar os inúmeros benefícios da cloud computing.

 

Dependendo do setor da instituição, a nuvem híbrida também pode ser o modelo mais interessante. É o caso do segmento da saúde, que demanda tanto o armazenamento de exames e laudos recentes como a guarda permanente dos arquivos. Com um sistema híbrido, os hospitais e unidades de saúde podem manter os documentos mais recentes em um software adequado na nuvem privada (tendo o acesso mais rápido aos arquivos, mesmo quando há instabilidades na internet) e os mais antigos em um sistema apropriado na nuvem pública (mantendo os documentos protegidos pelo tempo que for necessário). Nesse caso, além de distribuir melhor os arquivos, elimina-se o armazenamento físico dos exames e laudos, ampliando a segurança e a economia para as instituições.

Saiba mais sobre os Desafios da transformação digital para a saúde.

Dessa forma, com a nuvem híbrida há segurança contra perdas de arquivos por falhas em hardwares ou ataques virtuais. Por integrar os recursos da nuvem privada e da nuvem pública, as organizações podem ter o controle das informações e a proteção de fornecedores reconhecidos como a Google. Ademais, as empresas que optam por utilizar as ferramentas na nuvem híbrida avançam rumo à maturidade digital, ampliando a vantagem competitiva e a credibilidade no mercado.

Como implantar a nuvem híbrida com segurança?

A escolha de quais documentos, aplicativos e softwares que devem estar na nuvem pública ou privada deve ser analisada e planejada com bastante cuidado pelas instituições. Uma vez que cada empresa apresenta necessidades e objetivos específicos, é fundamental contar com o apoio de especialistas que auxiliem na decisão e organização das demandas em cada plataforma. Para aproveitar ao máximo os recursos da nuvem híbrida, é essencial buscar profissionais que possam estruturar um projeto estratégico que impulsione o crescimento e desenvolvimento digital das organizações.

Se você deseja saber mais sobre a nuvem híbrida e como implantar na sua empresa, entre em contato conosco. A Qi Network é uma das maiores parceiras Premier da Google no Brasil. Trabalhamos com a implementação do Google Cloud Platform, promovendo uma migração suave da infraestrutura de TI para a nuvem.

Acompanhe as nossas publicações e fique por dentro dos principais conceitos e novidades para fortalecer a transformação digital da sua empresa.