Skip to Content

Novas funcionalidades no Google Docs e a campanha Go Google

O G Suite ganha novas funcionalidades de forma contínua, a gigante de Mountain View anunciou novas fontes e modelos  que foram incorporadas ao Google Docs.

Esta nova funcionalidade do G Suite marca também o lançamento da campanha Go Google, esta campanha visa claramente mostrar as pessoas todas as vantagem em utilizar soluções baseadas na Computação em Nuvem.

Google Docs incorpora 450 novas fontes e 60 modelos

Em conjunto com o lançamento da campanha “Go Google“, a gigante de Mountain View anunciou uma atualização no Google Docs para introduzir 450 novos fontes e 60 novos modelos para criação de documentos personalizados.

“Nós adicionamos mais de 450 novas fontes para documentos do Google para tornar mais fácil a adição de algo extra no que você planeja criar. Existem agora mais de 60 novos modelos em nossa galeria de modelos” postou Isabella Ip, Engenheira de Software.

A empresa também aproveitou para divulgar a possibilidade de adicionar imagens em documentos diretamente do Google Drive e a criação de gráfcos em planilhas com suporte para linhas de grade secundárias. Outra novidade está a possibilidade de definir o tamanho de uma página padrão para os novos documentos….Leia Mais: Google Docs incorpora 450 novas fontes e 60 modelos

 

A Computação em Nuvem é uma tecnologia que até pouco tempo existia apenas no imaginário do público em geral, mas hoje a tecnologia já está disponível para todos e de forma muito acessível por meio de empresas como o Google. A gigante de Mountain View acaba de lançar uma campanha intitulada Go Google, esta campanha busca mostrar a todos como a Computação em Nuvem pode ajudar no dia-a-dia, melhorando sua vida profissional e pessoal.

 

Go Google, a nova campanha do Google

O Google lançou, nesta última quarta-feira, uma nova campanha online, intitulada “Go Google“,  para demonstrar aos usuários e empresas seus produtos baseados em sua nuvem computacional.

“Nós construímos ferramentas baseados na nuvem como Gmail, Google Calendar e Google Docs para ajudar você a se conectar e colaborar online com outras pessoas de forma rápida e fácil, sem ter que lidar com as dificuldades e frustrações de instaladores e gerenciamento de software tradicional”, postou Venkat Panchapakesan, vice-presidente de Engenharia.

Hoje, segundo Panchapakesan, 16 milhões de estudantes e professores de 66 das 100 melhores universidades dos EUA e funcionários em mais de 4 milhões de empresas têm suas informações armazenadas no Google.

0 Continue Lendo →

SulAmérica Seguros é o novo cliente do G Suite

A SulAmérica Seguros anunciou que migrou para  o G Suite. A partir de agora, os sete terabytes de informações contidos nos servidores da SulAmérica Seguros migrarão para o G Suite, bem como as ferramentas de comunicação pessoal dos mais de 5.000 funcionários da companhia.

A primeira etapa do projeto contempla a mudança dos sistemas de comunicação pessoal, com a implementação do Gmail para Empresas, Google Agenda e  o Bate-Papo integrado ao Gmail para todos os funcionários da empresa. A novidade aumenta a mobilidade da equipe, ao permitir acesso remoto por computadores, smartphones ou tablets, e contribui para a agilidade da companhia, em qualquer lugar e horário.

Já a segunda fase prevê a adoção do Google Docs como plataforma para criação e colaboração de conteúdo. Com ele, será possível elaborar textos e planilhas de maneira colaborativa, na qual vários usuários podem editar e ver o mesmo arquivo em tempo real e simultaneamente. O Google Sites possibilita criar web sites e o Google Vídeos possibilita compartilhar vídeos.

O G Suite foi a solução escolhida por conta da alta capacidade de execução e suporte necessários para atender a SulAmérica. Para realizar o projeto, a seguradora investirá R$ 3,8 milhões em cinco anos, com expectativa de economizar cerca de R$ 6,1 milhões em cinco anos em gastos com licenças de software, infraestrutura, suporte técnico e atualizações dos programas.

“Somos uma das primeiras empresas financeiras no País a incorporar esta tecnologia no dia a dia. Os benefícios do G Suite irão trazer grandes vantagens competitivas para a organização”

Edison Kinoshita  – Diretor de Atendimento, Tecnologia e Operações

Para garantir a segurança das informações, a companhia conta com o sistema de proteção desenvolvido pelo Google. “O G Suite oferece tecnologias avançadas e algumas das melhores práticas do setor para gerenciamento de centrais de dados, segurança de aplicativos de rede e integridade de dados”, diz Antonio Schuch, diretor de enterprise do Google para LatAm.

“Mais do que uma nova tecnologia, a implantação de ferramentas colaborativas muda substancialmente a maneira de trabalhar dentro da empresa. O sucesso desta iniciativa depende da aceitação das soluções pelo nosso público interno”, explica o superintendente executivo de informática da seguradora, Cristiano Barbieri. Por este motivo, a SulAmérica aposta em ações de comunicação interna e em treinamentos para preparar os colaboradores para este novo momento.

Após migrar ferramentas básicas, a SulAmérica também poderá migrar parte de seus aplicativos principais para o modelo de Cloud Computing. “A Tecnologia da Informação é cada vez mais essencial para o sucesso das companhias e tem papel fundamental na viabilidade dos negócios. É importante estarmos sempre alinhados com as novas soluções do mercado para preparar o futuro da companhia”, finaliza Barbieri.

0 Continue Lendo →

Computação em Nuvem Pessoal é próxima fronteira dos negócios

De acordo com o Gartner, nuvem pessoal é a próxima fronteira dos negócios para computação na nuvem. A consultoria prevê que, em 2013, 90% dos dispositivos conectados deverão ter essas soluções integradas.

O momento é de atender ao desejo do assinante que quer guardar, sincronizar, transmitir e compartilhar, independentemente da plataforma ou terminal utilizado, apontou a consultoria. Essa tendência impõe aos fornecedores de dispositivos e provedores de serviços na nuvem uma mudança na estratégia de atuação.

Isso acontece porque os clientes começam a usar, como parte do ecossistema digital, serviços como o G Suite, Sky Drive, da Microsoft, ou o iCloud, da Apple. Sendo assim, a proposta é: “ter acesso ao conteúdo em qualquer lugar e hora e em múltiplos dispositivos”.

 

Fonte: http://imasters.com.br

0 0 Continue Lendo →

Vantagem em Usar o Gmail para Empresas

O Gmail para Empresas segue a linha de todo o ambiente dedicado a sua empresa no G Suite que é customizado com a sua logomarca e informações. Seus colaboradores dispõe um endereço de e-mail personalizado (ex.maria@minhaempresa.com.br) com o domínio da sua empresa na internet, o que demonstra mais profissionalismo nas mensagens enviadas e criação de identidade da equipe e para seus clientes.

0 0 Continue Lendo →

Abra links de e-mails diretamente no Gmail pelo Chrome

O Google lançou uma nova funcionalidade HTML5 no Gmail que permite que todos os links de e-mails abertos no Google Chrome sejam direcionados automativamente a tela de edição de e-mails do Gmail. A empresa já tinha adicionado, há algumas semanas, uma opção similar no Google Calendar.

“O Chrome permite que os serviços da web perguntem se você deseja usá-los para abrir certos links. Embora a maioria dos links geralmente direcione você a outra página, alguns deles podem abrir programas e executar outras ações. Por exemplo, os links mailto: podem abrir seu programa de e-mail, e os links webcal: podem adicionar eventos ao seu programa de agenda. Esses links são conhecidos como protocolos, e os programas que eles usam são chamados manipuladores. Atualmente, muitos serviços da web, incluindo o Google Calendar, podem agir como manipuladores”, explicou a empesa em sua Central de Ajuda.

Gmail Corporativo

 

Para permitir que o Chrome possa manipular os links mailto: diretamente para o Gmail, basta aceitar a notificação reproduzida na imagem acima. Para editar ou cancelar esses protocolos, use o atalho chrome://settings/handlers (na barra de endereços do Chrome) para verificar os manipuladores ativos.

Fonte: http://googlediscovery.com

0 0 Continue Lendo →

Vantagens e desvantagens de viver e trabalhar na nuvem



Trabalhar de casa, de dentro do carro, pelo celular, garantindo a sua tranquilidade e dos seus clientes

Trabalhar de casa, de dentro do carro, pelo celular, garantindo a tranquilidade e o equilíbrio dos clientes. É um alívio saber que isso não é apenas sonho, especialmente quando estamos em meio a cenários como os que marcaram os dois primeiros meses de 2010 em São Paulo, sucederam ao Carnaval carioca, assombraram os estados do Sul.

0 1 Continue Lendo →

Google+ – Porque Sua Empresa Precisa Usar

google+ para empresasFazem poucos meses que o Google+ foi anunciado e menos tempo ainda que ele foi liberado para todos usuários, mas os seus números já espantam muito. Com mais de 100 milhões de usuários, constantes atualizações e uma visível alteração nos resultados das buscas do Google, o Google Plus está sendo alvo de diversas estratégias de mídias sociais.

Sim, é mais uma mídia social para a empresa controlar, mas também pode ser que seja a única que você realmente precise usar (e não apenas para ‘socializar’), tudo depende da sua estratégia. Mas de quaquer forma sabemos que, ao menos por enquanto, o público do novo serviço social do Google ainda é restrito e nem tão ativo como costuma ser em outras mídias, mas nem por isto deve ser ignorado por empresas.

Separamos 2 razões pela qual sua empresa deve realmente considerar em criar uma página no Google+ e também 3 dicas para aqueles que já estão ou querem se aventurar nesta nova ferramenta:

Razão 1: Rede Social com ferramentas a mais:
Um dos grandes triunfos do Google+ é ter feito a lição de casa e pesquisado sobre os principais atributos de muitos concorrentes, como as fan pages do Facebook. Com esta pesquisa bem feita, eles puderam construir uma ferramenta que tem diversas funcionalidades semelhantes, mas também ferramentas que agregam ainda mais valor a presença da empresa.

O hangout talvez seja a principal ferramenta que empresas podem usar de forma estratégica dentro do Google+, mas claro, devem saber utiliza-lá de forma que traga retorno para a empresa e aproxime de seus consumidores.

Não podemos nos esquecer que a empresa por trás do serviço é grande e já mostrou que esta atenta ao feedback dos usuários e trazendo muitas novidades ao longo do tempo, ou seja, podemos esperar muito mais ferramentas que tornem muito mais fácil a presença oficial nesta rede social do que em outras.

Razão 2: Influenciar nas buscas:
Talvez uma das principais razões pela qual as empresas tem buscado usar o Google+ é justamente aproveitar o poder que ele, juntamente com o +1, tem sobre os resultados do buscador do Google. Se posicionar bem sempre foi um desafio destinado aos profissionais de SEO, que tinha como tarefa otimizar sites para que eles se posicionassem bem em determinadas buscas.

Mas as recentes mudanças do Google e do mercado de uma forma geral, tem mostrado que as ferramentas sociais estão se tornando cada vez mais a principal forma de validar a qualidade de um conteúdo. Ou seja, vale a pena compartilhar coisas e incentivar as pessoas a compartilhar o seu conteúdo dentro e fora do Google+.

Dica 1: Utilize bem as ferramentas disponíveis:
Como mencinado acima, o Google+ proporciona algumas ferramentas diferentes de seus concorrentes e uma das mais utilizadas ultimamente é mesmo o hangout, que possibilita que o usuário (ou página nesse caso) possam abrir uma vídeo chamada entre até 10 pessoas.

Você consegue imaginar o potencial disto? Você pode conversar com seus consumidores, você pode fazer apresentações, oferecer dicas, ou seja, fazer uma extensão do conteúdo que você compartilha e com isso ganhar destaque no mercado em que atua.

Existem outras ferramentas interessantes, como o “criador de memes” e o que mais surgir por aí.

Mark(Facebook) Zuckerberg analisando o concorrente.

Dica 2: Compartilhe conteúdo relacionado ao seu foco em SEO:
Como mostramos acima, o SEO é uma das principais razões pela qual as empresas tem utilizado o Google+. Sabendo de sua influência nos resultado das buscas, pode ser realmente muito interessante que a sua empresa tenha uma presença efetiva neste serviço e saiba utilizar bem os títulos, descrições, links e publicações na rede social.

Dica 3: Consiga +1, quanto mais, melhor:
O que tem influenciiado mais diretamente os resultados é o “+1″, serviço que está ligado diretamente ao Google+, mas que também pode ser acessado fora dele. Você pode colocar botão de +1 em qualquer website, sem contar que eles também estão ao lado do título do link nos resultados do Google.

Então se você quer se posicionar bem, a dica mais importante é: Faça as pessoas compartilharem o seu conteúdo. Seja tweetando, compartilhando no Facebook ou dando +1 no Google, o importante é compartilhar, mas ainda mais que isso, conseguir o máximo de +1 que der.

Autor: Dennis Altermann
@eu_dennis

Fonte: http://www.midiatismo.com.br

 

QI_CTA_CardsTransformationADMINISTRATIVO

0 0 Continue Lendo →

Segurança: é preciso entender desejos da nova geração

Jovens profissionais têm impactado na forma de fazer negócio. Ter acessibilidade e mobilidade junto com governança e compliance é o caminho mais assertivo, aponta Enrique Salem, CEO da Symantec

Hoje, as diferentes formas de a nova geração gerir suas ideias e desenvolver seus trabalhos impactam diretamente na maneira das organizações fazerem seus negócios. Sempre ligados e sempre conectados, seus comportamentos irão transformar o local de trabalho e, consequentemente, forçar a TI a se transformar para proteger as informações críticas das companhias que atualmente já são acessadas por um alto número de dispositivos.

Enrique Salem, presidente e CEO da Symantec, alerta que o armazenamento e compartilhamento das informações entre os data centers e a nuvem também devem ser uma preocupação das empresas que formam cada vez mais equipes jovens focadas apenas no social.

“Cerca de 250 mil emails e mensagens de textos são enviados por mês dentro das organizações. Essa nova geração de colaboradores também utiliza 10 mil horas de seu tempo para falar ao celular. Isso significa que privá-los de acessar à internet é o mesmo que privá-los de seus IDs, eles perdem a identidade”, avalia Salem.

Essa é a característica do negócio num novo ambiente, onde todos os colaboradores precisam estar conectados e ao mesmo tempo preocupados com a segurança. Para “sobreviver” a essas mudanças é preciso saber como gerenciar identidades, proteger as informações e manter o controle de dados: “mais do que isso, é preciso ter acessibilidade e mobilidade junto com governança e compliance”.

Durante apresentação na RSA 2012, o executivo diz que 59% das empresas seguem a inha de aplicativos de negócios em dispositivos móveis, enquanto 71% discutem a possibilidade de usar aplicações móveis personalizadas (a afirmação é com base em pesquisa realizada em 2011).

Ponto-chave
O chefe executivo de segurança do Facebook, Joe Sullivan, acredita que o ponto-chave para as empresas é entender o que a nova geração quer. “A segurança baseada em web muda, as comunidades mudam e as companhias também precisam mudar e trazer para dentro do ambiente corporativo novas experiências de segurança”, destaca.

Descobrir como fazer um novo ambiente seguro é um dos principais desafios da TI. Muitas organizações permitem que seus colaboradores tragam seus próprios dispositivos para a empresa sem ao menos ter um política de conscientização de uso.
Para Sullivan, o futuro já está aqui e é preciso ser flexível para saber o caminho certo de gerenciar os funcionários. “O ambiente de trabalho mudou. É preciso aprender a lidar com todas as novas formas de segurança provocadas pelas mudanças, para isso se faz necessário a criação de uma política interna mais ampla”, conclui.

*Jornalista viajou a San Francisco a convite da RSA

 

QI_CTA_GuiaIProfessores

0 0 Continue Lendo →

Computação em Nuvem: Seis Princípios Eficazes

A mudança crescente para a computação em nuvem, pode agregar valor significativo, mas a maioria das empresas possui pouco conhecimento sobre os perigos da transferência de tomada de decisões em relação a TI, estando longe de especialistas em tecnologia para os líderes das unidades de negócios.

Eliminando a parte de supervisão e governança das decisões de computação em nuvem, há a grande possibilidade de criar um risco significativo para as organizações, efetivamente minando os benefícios da mudança para a nuvem e, ao mesmo tempo, criando sérios problemas para as organizações. Somente através de uma boa administração e gestão de cloud computing, é possível atingir o seu potencial para as organizações.

Entretanto, no intuito de ajudar as empresas a gerenciar os pontos de pressão potenciais, que começam a vir à tona quando as estratégias de computação em nuvem apresentam divergências internas, desde serviços de TI ou tradicionais arranjos terceirizados, a ISACA delineou seis princípios-chave de computação em nuvem:

– O princípio da habilitação: nesse cenário, existe um plano para a computação em nuvem como um agente facilitador estratégico, ao invés de um acordo de subcontratação ou plataforma técnica.

– O princípio do custo / benefício: avaliar os benefícios da aquisição de serviços de nuvem com base em uma compreensão completa dos custos de nuvem, em comparação com os custos de outras soluções de tecnologia de negócios da plataforma.

– O princípio de risco da empresa: isso envolve um grande risco de gerenciamento empresarial (ERM) para a adoção e o uso de serviços de cloud computing.

– O princípio da capacidade: está enfatizando a capacidade de extensão total de recursos que os provedores de nuvem oferecem, com recursos internos para fornecer um suporte técnico e entregar uma abrangente solução.

– O princípio responsabilidade: gerenciar responsabilidades, definindo claramente todas as responsabilidades internas e funções relacionadas ao provedor.

– O princípio confiança: é necessário que haja extrema confiança em uma parte essencial de soluções de cloud computing; isso é o ponto de partida para a construção da confiança em todos os processos de negócios que dependem de computação em nuvem.

“Cloud Computing” representa uma oportunidade única para as empresas, e é particularmente um divisor de águas para as pequenas e médias empresas, porque a sua disponibilidade significa que infra-estrutura de tecnologia não é o diferenciador do mercado da mesma forma que foi no passado “, disse Ramsés Gallego, CISM, CGEIT, membro da ISACA e do Comitê de Práticas e Estratégias de Segurança para aQuest Software. “Estes princípios irão permitir às empresas, conhecer o valor que a nuvem pode proporcionar e garantir que os usuários internos e externos confiem em soluções de cloud computing.

Fonte: Site Under-Linux

QI_CTA_CloudComputing

0 0 Continue Lendo →

Vídeo da Microsoft atacando o G Suite gera efeito contrário

A Microsoft criou um vídeo atacando o serviço G Suite e até inventou um termo: Googlighting, este termo segundo a Microsoft seria para definir a situação quando a maior empresa de anúncios do mundo tenta vender produtos para melhorar a produtividade.

O vídeo da Microsoft atacando o Google está gerando um efeito contrário, sendo que a maioria das pessoas está marcando que não curtiu o vídeo.

 

 

O Google entrou recentemente no mercado corporativo com o G Suite e já conquistou milhões de empresas no mundo com sua solução baseada na Computação em Nuvem que reduz custos já que não exige servidores locais, compra de lincenças de softwares, manutenção, upgrade e updates nas máquinas que rodam os softwares.

O Google agora está entrando no mercado brasileira já que a infraestrutura de internet banda larga está melhorando e possibilita agora as empresas utilizarem soluções baseadas na web como o G Suite.

0 0 Continue Lendo →